Mastopexia é uma cirurgia plástica também conhecida como lifting de mama, quando é realizada a retirada do excesso de pele. Saiba mais.

Mastopexia: correção de flacidez da mama

Muitas mulheres acreditam que um procedimento para levantar os seios é o implante da prótese de silicone, mas a cirurgia correta para essa finalidade é a  mastopexia.

Veja nesse post no que consiste esse tipo de cirurgia para levantar a mama.

O que é mastopexia?

Muitas mulheres chegam ao consultório buscando uma elevação de seios com uma cirurgia de implante de silicone. Os cirurgiões vão explicar que essa colocação da prótese não é o procedimento adequado para quem quer levantar as mamas. Para essa finalidade, elas terão que se submeter à mastopexia.

Mastopexia é uma cirurgia plástica também conhecida como lifting de mama. Nessa cirurgia, será realizada a retirada do excesso de pele e tensionamento do tecido restante para produzir um novo contorno dos seios. Nesse tipo de mamoplastia , é comum também o reposicionamento da aréola, porque os mamilos também poderão estar voltados para baixo.

É importante ressaltar que um implante de prótese de silicone poderá até mesmo produzir o efeito contrário do que a paciente pensou: devido ao volume do seio com a prótese, se a mama já estiver flácida poderá ficar ainda mais caída.

Normalmente, as mulheres buscam essa cirurgia de mama porque querem uma melhor aparência para o seios, que podem ter perdido seus contornos depois de alguns fatores que prejudicam a sustentação mamária, como:

  • Gravidez;
  • Amamentação;
  • Oscilações de peso;
  • Envelhecimento;
  • Componente hereditário que favorece a flacidez dos seios.

É preciso entender que os tecidos do corpo envelhecem, entre eles, a pele, que vai ficar mais flácida e pode mudar o contorno dos seios com o tempo. Porém, muitas vezes, até mesmo jovens podem sofrer com a flacidez pelo efeito sanfona do peso ou porque as mamas cresceram demais. Outra indicação para essa cirurgia é se um dos seios está mais baixo que o outro. 

Pacientes de qualquer idade podem ser submeter a esse procedimento cirúrgico desde que já tenha havido desenvolvido pleno dos seios. A indicação médica é a partir de 18 anos.

A mastopexia é o quarto tipo de cirurgia plástica mais procurada no país, segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Já nos EUA, de 2000 para cá, esse tipo de cirurgia aumentou 70%.

O que pode melhorar com a mastopexia?

Ter seios flácidos e caídos e mamilos apontados para baixo pode mexer muito com a autoestima das mulheres. Mas o que pode ser considerado um seio flácido? Existe um teste muito simples: se a mulher colocar um lápis ou caneta embaixo do seio e o objeto permanecer, é porque o seio está caído.

Mas a mastopexia pode eliminar totalmente esse problema e o resultado vai depender dos objetivos da paciente. 

É importante saber que a elevação das mamas não altera muito o volume e nem preenche a parte de cima da mama. Então, a paciente pode optar apenas por uma mastopexia sem prótese se já tiver seios fartos, mas quiser apenas melhorar o contorno e elevar as mamas.

Porém, se quiser diminuir o volume terá que fazer também uma cirurgia de redução de mama (mamoplastia redutora) associada à mastopexia.  

Por outro lado, há também a opção de uma mastopexia com prótese para aquelas mulheres que têm com seios pequenos e flácidos. Nesse caso serão dois procedimentos: a mastopexia para elevar as mamas e o implante da prótese de silicone para aumentar o volume.

Mas algo é certo: na mastopexia, antes e depois vai apresentar resultados muito diferentes na frente do espelho para a paciente, que certamente vai ganhar mais autoestima e confiança em sua aparência.

Na mastopexia também poderá ser realizado o procedimento de redução das aréolas para manter proporcional à mama, porque essa parte do corpo também pode sofrer uma alargamento com o tempo.

Há algumas restrição para a cirurgia mastopexia?

Não que seja uma contraindicação, mas para as mulheres que ainda pretendem engravidar é aconselhado aguardar para realizar a cirurgia após a gestação, porque podem ganhar aumento de peso, que poderá alterar o resultado dessa cirurgia plástica.

Outro aspecto a ser deliberado é em relação à amamentação porque algumas mulheres podem ter dificuldades em produzir leite após cirurgia de mastopexia

Técnicas de incisão

Após uma consulta para avaliar os desejos da paciente, o médico fará as avaliações de grau de flacidez, tamanho e formato da mama, posição das aréolas e elasticidade da pele.  

Além disso, o médico também vai realizar muitos esclarecimentos sobre o procedimento. Um dos aspectos a decidir, além de optar por uma mastopexia com ou sem prótese, são as técnicas de incisão.

Essas técnicas para elevação das mamas poderão ser nos formatos “L” , “T”, “I” e periolar (ao redor da aréola). Essas incisões vão produzir uma cicatriz de mastopexia que vai sumir com o tempo em um prazo de cerca de 1 ano a 1 ano e meio.

Além disso, os resultados do contorno  da mama vão surgir ao longo dos meses posteriores à cirurgia. A silhueta definitiva surgirá entre 12 a 18 meses.

Recuperação da mastopexia

Para um bom pós-operatório, na saída do centro cirúrgico, a paciente já deverá estar com sutiã especial, deverá fazer repouso e usar medicamentos para ajudar a evitar dores e inflamações.

Por 30 a 45 dias, é preciso usar o sutiã especial, evitar uso de força ou até  movimentos bruscos com os braços e tronco. 

A paciente também deverá retornar à consulta com o cirurgião entre 5 a 7 dias para troca de curativos e avaliação do procedimento.

As atividades profissionais deverão ser retomadas após 4 semanas, assim como os exercícios físicos.

É preciso entender também que todo procedimento cirúrgico envolve um certo risco, e vai depender da reação de cada organismo. Após a cirurgia podem ocorrer  infecções, hematomas, seromas, abertura de pontos, cicatrizes queloides, etc. 

Porém, manter os cuidados indicados pelo médico vai reduzir muito a probabilidade de problemas acontecerem no pós-cirúrgico.

Como dormir após mastopexia?

A dica é ficar deitada com o peito elevado nas primeiras 24 horas da cirurgia. Então, o ideal é dormir com travesseiros apoiados nas costas e de barriga para cima. Essa posição deve ser mantida por pelo menos 30 a 45 dias. Não é permitido nem mesmo dormir de lado.

As pessoas também perguntam muito em quanto tempo desincha a mastopexia. Neste aspecto, o uso do sutiã especial irá ajudar muito porque tem exatamente a função de sustentar as mamas e reduzir o inchaço. Mas por até 6 meses, a paciente pode sentir que os seios ainda estão inchados.

Conclusão

Agora que você entendeu sobre mastopexia, o que é e em que casos recorrer ao procedimento, saiba que a cirurgia plástica pode devolver a autoestima da mulher, valorizando os seus contornos femininos.

Busque um cirurgião de confiança que esteja aberto a ouvi-la, entender seu problema, esclarecer todos os passos e oferecer a ajuda necessária. Antes e depois da mastopexia será um divisor de águas.

Comentários
Avatar

Posted by DR. RODOLFO OLIVEIRA