Há algum tempo, os seios com silicone eram muito marcados e poderiam não agradar todas as mulheres, mas as próteses atuais permitem formatos cada vez mais parecidos com o natural do corpo feminino. Veja nesse post, como colocar silicone nos seios pode alegrar as mulheres de variadas preferências. Seios com silicone: antes e depois Publicações de um tempo atrás, especialmente aquelas que estampavam celebridades, sempre apresentaram um desfile de mulheres com decotes bem profundos, um verdadeiro festival de fotos de seios com silicone excessivamente marcados. Muitas mulheres tinham o desejo de fazer uma mamoplastia para colocar uma prótese mamária para realçar essa região do corpo, mas temiam chamar muito a atenção com seus novos colos excessivamente destacados quando viam essas imagens de seios com silicone das famosas. Com o tempo, as técnicas cirúrgicas mudaram e até as próteses de mama ganharam outras texturas, materiais e formatos para dar mais opções às mulheres com seios de silicone. Além disso, os novos materiais também proporcionam uma sensação bastante natural ao toque. No Brasil, as próteses são preenchidas com um silicone de alta coesividade, que tem uma consistência mais pastosa, que não é mole e nem dura. Atualmente, há formatos de próteses que podem tanto garantir um colo marcante e bastante sensual para aquelas mulheres que querem mesmo mais destaque para essa região, como outras que permitem um formato bastante natural para o seio, sem um colo tão volumoso. Com isso, muitas vezes, seios com silicone e sem silicone podem nem ser percebidos por quem vê de fora. O que mais importa nesse processo é garantir que a mulher tenha o resultado desejado para promover sua autoestima. Formatos e tamanhos para todas as preferências Cada mulher tem uma preferência quando se refere aos seios com silicone, muitas querem um visual bem chamativo e com colo bastante volumoso, enquanto outras preferem mais discrição. Os tamanhos das próteses, formatos e perfis vão proporcionar exatamente o resultado desejado por elas. Para isso, uma consulta com o cirurgião é muito importante para esclarecer todos os pontos e verificar onde é possível chegar nos formatos de seios com silicone de acordo com o biotipo e objetivo da paciente. O biotipo será bastante determinante quando uma pessoa falar em tamanho dos seios com prótese de silicone. Mulheres mais magras e baixas podem optar por seios com silicone 200ml e ter o mesmo efeito que as mulheres mais altas terão seios com 400ml de silicone. Isso se explica porque a largura dos ombros, circunferência do tórax e o formato do corpo também vão entrar nessa equação. Inclusive, se a mulher tem muito pouca mama, esse fator também poderá determinar como colocar silicone no seio, indicando uma posição submuscular da prótese (que é atrás do músculo peitoral). Porém, na maioria dos casos, as próteses são colocadas na posição subglandular, que é atrás da glândula mamária. Devido à profundidade, as próteses colocadas na posição submuscular também determinam uma aparência com maior naturalidade, enquanto as próteses na posição subglandular, especialmente se o volume mamário for menor, poderão ficar mais em evidência. Todas essas informações são para reforçar que não basta admirar o peito com silicone da influencer da moda, mas é preciso analisar se aquele tamanho, formato e perfil que ela usou será apropriado para outra paciente. Tipos de próteses de silicone Os modelos de seios com silicone são determinantes em relação ao tipo de silhueta da mulher, mas também para atingir as suas preferências. Conheça os formatos das próteses: Redonda Essas são as próteses mais utilizadas e deixam o colo bem marcado. Normalmente é indicada para mulheres que já têm um certo volume na mama e com tórax compatível. Ter um destaque potencializado para essa região e ter mais projeção com esse tipo de prótese pode ser obtido com a escolha de um perfil hiper alto ou alto. No entanto, de acordo com o biotipo da pessoa, optar por esses perfis pode deixar a aparência um tanto artificial. Cônico Os seios com silicone que têm prótese cônica vão ficar bem projetados e com formato mais pontudo na região central do tórax. Isso ocorre porque a prótese tem a base mais estreita do que a redonda, por isso, é bastante indicada para mulheres que têm ombros mais estreitos. Essa prótese também pode proporcionar um melhor desenho da mama em mulheres que amamentaram e ficaram com um pouco de flacidez nos seios. Gota Também conhecida como anatômica, é a prótese mais próxima do formato natural do corpo. Muitas mulheres que fazem reconstrução mamária após uma mastectomia optam por esse tipo de prótese, porque é apenas redesenhar a mama. Esse modelo terá mais volume na parte debaixo e não vai deixar o colo muito marcado. Perfis das próteses Para chegar na preferência de cada mulher em relação ao resultado do implante de silicone, também serão analisados os perfis das próteses, que vão promover mudanças significativas para o resultado final de acordo com o modelo escolhido. Em todos os tipos de próteses podem ser escolhidos perfis que variam do baixo ao hiper alto. Hiper alto Uma mulher que quer um colo bem marcado e elevado, pode optar pelo perfil alto se ela tiver tórax mais estreito, porém, a aparência poderá ficar menos natural. Alto O perfil alto terá uma base menor na prótese de silicone, e isso vai aumentar a projeção para frente. Para quem já tem um bom volume, é bastante indicado. Moderado Esse perfil tem base mais larga e, por isso, aumenta a largura dos seios. Neste caso, perde-se na projeção dos seios para frente. Baixo As próteses com perfil baixo não darão destaque ao colo porque são mais baixas e com base mais larga. Neste caso, não há quase projeção. Conclusão Atualmente, é possível chegar ao melhor resultado de acordo com os gostos das pacientes, sejam os seios pequenos com silicone ou com dimensões maiores. Os cirurgiões plásticos experientes e afiliados à Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica devem manifestar os maiores cuidados para atender o desejo das pacientes, mas sempre com a responsabilidade de demonstrar o que é o melhor para o corpo de cada mulher. Inclusive, o cirurgião poderá indicar uma mastopexia com prótese, se a mulher tem seios caídos, porque o silicone apenas melhora o volume e consistência, mas não é a técnica apropriada para fazer o levantamento das mamas.

Seios com silicone podem agradar todos os gostos

Há algum tempo, os seios com silicone eram muito marcados e poderiam não agradar todas as mulheres, mas as próteses atuais permitem formatos cada vez mais parecidos com o natural do corpo feminino.

Veja nesse post, como colocar silicone nos seios pode alegrar as mulheres de variadas preferências.

Seios com silicone: antes e depois 

Publicações de um tempo atrás, especialmente aquelas que estampavam celebridades, sempre apresentaram um desfile de mulheres com decotes bem profundos, um verdadeiro festival de fotos de seios com silicone excessivamente marcados. 

Muitas mulheres tinham o desejo de fazer uma mamoplastia para colocar uma prótese mamária para realçar essa região do corpo, mas temiam chamar muito a atenção com seus novos colos excessivamente destacados quando viam essas imagens de seios com silicone das famosas.

Com o tempo, as técnicas cirúrgicas da mamoplastia de aumento mudaram e até as próteses de mama ganharam outras texturas, materiais e formatos para dar mais opções às mulheres com seios de silicone

Além disso, os novos materiais também proporcionam uma sensação bastante natural ao toque. No Brasil, as próteses são preenchidas com um silicone de alta coesividade, que tem uma consistência mais pastosa, que não é mole e nem dura.

Atualmente, há formatos de próteses que podem tanto garantir um colo marcante e bastante sensual para aquelas mulheres que querem mesmo mais destaque para essa região, como outras que permitem um formato bastante natural para  o seio, sem um colo tão volumoso.

Com isso, muitas vezes, seios com silicone e sem silicone podem nem ser percebidos por quem vê de fora. 

O que mais importa nesse processo é garantir que a mulher tenha o resultado desejado para promover sua autoestima.

ebook protese de silicone

Formatos e tamanhos para todas as preferências

Cada mulher tem uma preferência quando se refere aos seios com silicone, muitas querem um visual bem chamativo e com colo bastante volumoso, enquanto outras preferem mais discrição.  Os tamanhos das próteses, formatos e perfis vão proporcionar exatamente o resultado desejado por elas.

Para isso, uma consulta com  o cirurgião é  muito importante para esclarecer todos os  pontos  e verificar onde é possível chegar nos formatos de seios com silicone de acordo com o biotipo e objetivo da paciente.

O biotipo será bastante determinante quando uma pessoa falar em tamanho dos seios com prótese de silicone. Mulheres mais magras e baixas podem optar por seios com silicone 200ml  e ter o mesmo efeito que as mulheres mais altas terão seios com 400ml de silicone.

Isso se explica porque a largura dos ombros, circunferência do tórax e o formato do  corpo também vão entrar nessa equação.

Inclusive, se a mulher tem bem pouca mama, esse fator também poderá determinar como colocar silicone no seio, indicando uma posição submuscular da prótese (que é atrás do músculo peitoral). Porém, na maioria dos casos, as próteses são colocadas na posição subglandular, que é atrás da glândula mamária.

Devido à profundidade, as próteses colocadas na posição submuscular também determinam uma aparência com maior naturalidade, enquanto as próteses na posição subglandular, especialmente se o volume mamário for menor, poderão ficar mais em evidência.

Todas essas informações são para reforçar que não basta admirar o peito com silicone da influencer da moda, mas é preciso analisar se aquele tamanho, formato e perfil que ela usou será apropriado para outra paciente.

Tipos de próteses de silicone

Os modelos de seios com silicone são determinantes em relação ao tipo de silhueta da mulher, mas também para atingir as suas preferências. Conheça os formatos das próteses:

Redonda

Essas são as próteses mais utilizadas e deixam o colo bem marcado. Normalmente é indicada para mulheres que já têm um certo volume na mama e com tórax compatível.

Ter um destaque potencializado para essa região e ter mais projeção com esse tipo de prótese pode ser obtido com a escolha de um perfil hiperalto ou alto.

No entanto, de acordo com o biotipo da pessoa, optar por esses perfis pode deixar a aparência um tanto artificial.

Cônico

Os seios com silicone que têm prótese cônica vão ficar bem projetados e com formato mais pontudo na região central do tórax. 

Isso ocorre porque a prótese tem a base mais estreita do que a redonda, por isso, é bastante indicada para mulheres que têm ombros mais estreitos.

Essa prótese também pode proporcionar  um melhor desenho da mama em mulheres que amamentaram  e ficaram com um pouco de flacidez nos seios.

Gota

Também conhecida como anatômica, é a prótese mais próxima do formato natural do corpo. Muitas mulheres que fazem reconstrução mamária após uma mastectomia optam por esse tipo de prótese, porque é apenas redesenhar a mama.

Esse modelo terá mais volume  na parte debaixo e não vai deixar o colo muito marcado.

Redonda  Essas são as próteses mais utilizadas e deixam o colo bem marcado. Normalmente é indicada para mulheres que já têm um certo volume na mama e com tórax compatível.  Ter um destaque potencializado para essa região e ter mais projeção com esse tipo de prótese pode ser obtido com a escolha de um perfil hiperalto ou alto.  No entanto, de acordo com o biotipo da pessoa, optar por esses perfis pode deixar a aparência um tanto artificial.  Cônico  Os seios com silicone que têm prótese cônica vão ficar bem projetados e com formato mais pontudo na região central do tórax.   Isso ocorre porque a prótese tem a base mais estreita do que a redonda, por isso, é bastante indicada para mulheres que têm ombros mais estreitos.  Essa prótese também pode proporcionar  um melhor desenho da mama em mulheres que amamentaram  e ficaram com um pouco de flacidez nos seios.  Gota  Também conhecida como anatômica, é a prótese mais próxima do formato natural do corpo. Muitas mulheres que fazem reconstrução mamária após uma mastectomia optam por esse tipo de prótese, porque é apenas redesenhar a mama.  Esse modelo terá mais volume  na parte debaixo e não vai deixar o colo muito marcado.

Perfis das próteses

Para chegar na preferência de cada mulher em relação ao resultado do implante de silicone, também serão analisados os perfis das próteses, que vão promover mudanças significativas para o resultado final de acordo com o modelo escolhido. Em todos os tipos de próteses podem ser escolhidos perfis que variam do baixo ao hiperalto.

Hiperalto

Uma mulher que quer um colo bem marcado e elevado, pode optar pelo perfil alto se ela tiver tórax mais estreito, porém, a aparência poderá ficar menos natural.

Alto

O perfil alto terá uma base menor na prótese de silicone, e isso vai aumentar a projeção para frente. Para quem já tem um bom volume, é bastante indicado.

Moderado

Esse perfil tem base mais larga e, por isso, aumenta a largura dos seios. Neste caso, perde-se na projeção dos seios para frente.

Baixo

As próteses com perfil baixo não darão destaque ao colo porque são mais baixas e com base mais larga. Neste caso, não há quase projeção.

Conclusão

Atualmente, é possível chegar ao melhor resultado de acordo com os gostos das pacientes, sejam os seios pequenos com silicone ou com dimensões maiores. 

Os cirurgiões plásticos experientes e afiliados à Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica devem manifestar os maiores cuidados para atender o desejo das pacientes, mas sempre com a responsabilidade de demonstrar o que é o melhor para o corpo de cada mulher. 

Inclusive, o cirurgião poderá indicar uma mastopexia com prótese, se a mulher tem seios caídos, porque o silicone apenas melhora o volume e consistência, mas não é a técnica apropriada para fazer o levantamento das mamas.

Comentários
Avatar

Posted by DR. RODOLFO OLIVEIRA